Série de vídeos “ Cuidadores das Águas” será lançada no dia mundial da Água no Vale do Ribeira.

  • por

Proteção das nascentes, agrofloresta, crescimento urbano, disponibilidade hídrica, comunidades tradicionais e uso sustentável da água são alguns dos temas que aparecem na série de vídeos “Cuidadores das Águas”, produzida por moradores do Vale do Ribeira, com lançamento previsto para 22 de  março, no dia  mundial da água.

 

A série  é resultado de um trabalho de formação em Educação Ambiental e Comunicação Social realizada pelo Fundo Brasileiro de Educação Ambiental(FunBEA) e Comitê de Bacia Hidrográfica Ribeira do Iguape e Litoral Sul de SP (CBH-RB).  Em 2021, foram 6 meses de encontros com participantes de instituições públicas, privadas e sociedade civil de todo Vale do Ribeira. O objetivo da formação foi trazer luz a gestão das águas que o CBH RB realiza na região, bem como colaborar com a construção do Plano de Comunicação Social do Comitê. O processo todo foi conduzido por educadoras ambientais do FunBEA e produtores audiovisuais, que através dos temas levantados pelos participantes, conduziram a produção de uma série audiovisual inédita e colaborativa.

 

O resultado foram quatro vídeos, com 5 e 7 minutos cada, trazendo personagens, locações e temas das 4 sub-regiões do Vale do Ribeira: Estuário Lagunar, Alto Vale, Médio Vale e região de Juquiá e São Lourenço.

O Vale do Ribeira é uma região muito importante para todo o Estado de SP e Brasil, pois é um dos maiores remanescentes de Mata Atlântica do país e produtor de água limpa e abundante para todo a região metropolitana da cidade de São Paulo”, explica o secretário executivo do CBH RB, Ney Akemaru Ikeda.

Na construção das obras audiovisuais, os participantes da formação identificaram problemas e assuntos que consideraram fundamentais para o desenvolvimento e gerenciamento hídrico da região. “Trouxemos as boas práticas da agrofloresta como uma visão de futuro para a região, que tem grande parte da sua economia voltada para a agricultura”, ressalta o engenheiro Eduardo Zahn, participante da formação, representante da Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável de Registro.

 

“Os vídeos são a materialização de um processo de reflexão e crítica para a construção, cada vez maior, de uma gestão hídrica com a participação de toda a sociedade”, aponta a secretária executiva do FunBEA, Semíramis Biasoli.

 

Personagens da região, como o agricultor de Sete Barras,  Marcelo Fukanaga, militante da agricultura familiar e orgânica tiveram voz na série, bem como o Diretor de Desenvolvimento Econômico de Itaóca, Jonas Mendes Jr, que há 20 anos iniciou um processo de reflorestamento e recuperação de nascentes da região, e hoje tornou-se um disseminador sobre o assunto em sua cidade. Também participam da série o ambientalista Glenn Suba, do Instituto Terra Luminous, de Juquitiba, e o líder comunitário Ney Mandira, do Quilombo do Mandira, de Cananéia.

Os vídeos ficarão disponíveis pelo canal do Youtube FunBEA e website do CBH RB, juntamente com o Plano de Comunicação Social do Comitê.

 

Sinopse dos episódios:

Episódio “ Alto Juquiá- Vale do Ribeira”

O episódio lança um retrato sobre a preservação das áreas de mananciais em Juquitiba, Juquiá e São Lourenço, principais produtores de água para o abastecimento da região metropolitana de São Paulo Capital. O documentário olha para especulação imobiliária e traz os depoimentos de membros da Câmara Técnica Alto Juquiá, do Comitê de Bacia Hidrográfica do Vale do Ribeira, que discutem a lei dos mananciais que protege as áreas de nascentes e recursos hídricos na região.

 

Episódio “Agrofloresta no Vale do Ribeira” 

O documentário aborda as boas práticas da agricultura familiar e agricultura orgânica na região do médio Vale do Ribeira. Depoimentos e experiências de agricultores e ativistas da agricultura sustentável, como o Marcelo Fukanaga e Zé Pereira, apontam alternativas para produzir alimentos sem agrotóxicos e sem poluir os recursos hídricos.

 

Episódio “Reflorestando nascentes”

Neste episódio o proprietário rural Jonas Mendes Jr., conduz o espectador em sua experiência de quase 20 anos reflorestando a nascente de sua propriedade rural na cidade de Itaóca, no alto Vale do Ribeira. Jr. Mendes traz uma nova perspectiva para o proprietário rural da região, que tem em suas mãos a proteção da floresta como o maior bem que pode deixar para as próximas gerações da região.

 

Episódio “A água que flui”

No quarto documentário da série, que retrata a região do Estuário Lagunar, o líder comunitário do Quilombo do Mandira, Nei Mandira fala sobre a produção sustentável de ostras no estuário e a importância de manter as águas limpas. No episódio, o educador ambiental Christian Negrão, de Ilha Comprida, também traz a sua experiência no resgate de animais marinhos, que sofrem com a poluição de resíduos sólidos que chegam aos mares através dos rios.

 

Ficha técnica do projeto Cuidadores das Águas:

Coordenação: Semíramis Biasoli  (FunBEA)

Educadoras ambientais: Bianca Limonge Avancini e Mariane Lima

Jornalista: Ana Patrícia Arantes

Produção Audiovisual: Artur de Leos e Grace Luzzi (Ação Luz Produção).